quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

OS LIDERES PEDEM UMA NOVA ORDEM MUNDIAL

Durante uma visita oficial a Cuba o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou que é necessária a criação de uma “nova ordem mundial” para substituir o que ele chamou de “fracasso” e “decadência” do sistema capitalista. Durante sua visita a Cuba o presidente iraniano se encontrou com o presidente Raul Castre e recebeu um doutorado honorário em ciências políticas pela Universidade de Havana. Ele deu também um discurso contra o capitalismo classificando o sistema político-econômico com um sistema decadente que está atualmente em um “beco sem saída”. “Não tem lógica a fabricação de tantas armas para matar e destruir. Hoje tudo o que foi o sistema capitalista é matar. É um sistema falido e em declínio”, disse Ahmadinejad, que em nenhum momento comentou sobre o programa nuclear iraniano. Conclamando a criação de um novo sistema político para reger o mundo, o iraniano afirmou: “Temos que estar acordados e alertas. Se não planejarmos o futuro da nova ordem mundial seremos os herdeiros dos proprietários de escravos e os capitalistas que irão acompanhar e fazer cumprir o novo sistema”. De acordo com o jornal Diário do Comércio ele ainda encorajou Cuba e seus universitários a trabalhar junto ao Irã para impor uma nova ordem social “baseada na justiça e que respeite os seres humanos”. Antes de seu encontro com o presidente cubano, Ahmadinejad visitou outros dois líderes políticos: o presidente venezuelano, Hugo Chávez e Daniel Ortega da Nicarágua. Nesses encontros o presidente se auto intitulou como um “anti-imperialista”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário