COMENTÁRIOS

Dentre tantas escatologias já apresentadas, que tentam desvendar a verdade que contém o livro do Apocalipse, o que se observa nelas é apenas a insuficiência de nos apresentar essa realidade, que embora sejam enumeras interpretações, nenhuma delas trouxe até agora a verdadeira água que mata esta sede do conhecimento da verdade, e assim, introduziram tantas apresentações ou podemos dizer tantos “apocalipses” e todos sem base, sem fundamento, sem a verdade, sem a legítima confirmação das escrituras da verdade. Apocalipses que o próprio Apocalipse desconhece, por que nunca os disse. Veja e compare.
O que estamos trazendo para mostrar para vocês, não é um emaranhado de baboseiras baseadas em disseminar o medo ou a combater os ideais ou doutrinas dos outros, nem pensamentos de homens; mas, mostrar exatamente a verdade que pode descrever a vontade de Deus, pois vamos mostrar o que é, e onde começa o Apocalipse, e qual a sua finalidade segundo a vontade do próprio Deus. Veja e compare a tudo que você já tenha visto ou conhecido se há algo que possa se comparar a verdade contida nas escrituras da verdade, a qual nos revela a vontade do único e verdadeiro Deus.
Apocalipse: revelação
Apocalipse quer dizer revelação; mas revelação de quê então? Pois é justamente esta interrogação que nos trás a verdade sobre o livro do Apocalipse.
E qual seria esta revelação, o quê poderia ser revelado no livro do Apocalipse que nós ainda não conhecemos?
Com certeza, o Apocalipse é um livro que você já deve ter lido inúmeras vezes, sim, tantas dezenas ou até centenas de vezes, coisa que até faria alguém dizer: que já conhece tão bem, que dispensaria qualquer outro comentário, ou, só por ser de alguma religião ou denominação, achando assim que já teria o conhecimento necessário,mas, considerando que a palavra apocalipse significa revelação, e nesse significado já há um bom motivo para reconhecermos a extrema necessidade de querer observar minuciosamente o livro do Apocalipse, por isso queremos pedir, se lhe interessar, que você possa realmente dispor do seu tempo e atenção para examinar minuciosamente com base em três critérios fundamentais para que se possa entender com exatidão, os quais são:
1º- Ler o que está escrito
2º- prestar atenção em como está escrito,
3º- buscar comparar o que está escrito, somente com escritos da própria escritura sagrada, pois tudo que Senhor escreveu no seu livro, o livro da vida, para cumprir, é o que está revelado no livro do Apocalipse, e tudo que está escrito no livro do Apocalipse está bem definido, todos os seus acontecimentos interligam-se entre si na forma de cumprimento, por isso ninguém jamais deve tentar introduzir qualquer linha de pensamento que venha a causar conflito de escrituras com escrituras, pois elas são a palavra de Deus e Ele não é Deus de confusão. Por isso toda escritura jamais pode entrar em choque, porém os pensamentos dos homens é que se chocam contra a palavra de Deus.



Introdução ao livro do Apocalipse
Para que se possa entender o livro do Apocalipse é necessário entender onde começa este livro, pois segundo o que é dito a João (Apoc. 1.1; 3), é a revelação para ser mostrada aos seus servos, as coisas que em breve deveriam acontecer e diz que: “bem-aventurado aquele que lê e bem-aventurado os que ouvem e guardam as palavras da profecia deste livro para guardar as coisas nela escrita, porque o tempo está próximo,” e isso já quando João recebeu e escreveu, e quanto muito mais agora, que já estamos quase dois mil anos de João para nós.
Mas, eu gostaria de ressaltar que esta revelação referia-se as coisas que em breve deveriam acontecer, que justamente é o que identifica onde começa o Apocalipse, ou melhor, onde as revelações do Apocalipse realmente estão referentes ao tempo do fim. Não estamos ignorando os capítulos 1º ao 3º, pois o que queremos dizer é, que quando discernimos o capitulo 4, então entendemos onde na verdade começa a revelação do apocalipse. Para que posamos entender este capitulo precisaremos ser, além de minuciosos, muito mais ainda meticulosos com cada detalhe deste capitulo, por isso preparamos um vídeo extremamente preciso e rico em detalhes que você pode conferir conosco, mas antes vamos examinar o verso 1º deste capitulo 4:
Depois destas coisasolhei, e eis que estava uma porta 
aberta no céu, e a primeira voz que ouvira, voz como de 
trombeta, falando comigo, disse: Sobe aqui, e 
mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem 
acontecer.”
(Apocalipse 4.1)
Quando se inicia este capitulo diz: “Depois destas coisas”-
esse dito se refere as primeiras visões como as do capitulo 
primeiro e a ordem das cartas a serem enviadas as sete 
igrejas da Ásia para adverti-los acerca das coisas que  
estavam acontecendo, como por exemplo: João está 
exilado 
na ilha de patmos, isto é, à perseguição que a igreja do 
Senhor Jesus estava sofrendo a qual estava sob uma forte 
mortandade promovida pelo império Romano, que nos dias 
de hoje se levanta com uma nova roupagem, assunto esse 
que o Apocalipse nos mostra com muita precisão, e este 
mesmo versículo quando se encerra diz: “Sobe aqui, e 
mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem 
acontecer.”, logo, passa então a se referir as coisas que 
depois daquelas; como a perseguição e mortandade da 
igreja.... Sim, depois destas deveriam acontecer e já muitas 
estão acontecendo e ainda devem acontecer, e não devem 
demorar, as quais nós iremos mostrar com riqueza de 
detalhes.
Confira conosco!
Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus 
pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, 
venha a mim e beba.”(João 7:37)
Respondeu João: O homem não pode receber coisa 
alguma, se não lhe for dada do céu.”
(João 3:27)


-----------------------------------------------------------------------------------------------------